• Google+ Social Icon
  • Trip Advisor Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Empresa filiada à

novo logo acetur 7.jpg

Copyright © 2016  Pousada Além das Formas  Contato: 35 3327 1253 . 35 99122 9122  pousada@alemdasformas.com.br

MOVIMENTO DOS FOCOLARES

UMA JORNADA INESQUECÍVEL PARA A POUSADA ALÉM DAS FORMAS.

Aconteceu neste sábado, 4 de agosto, um encontro marcante para os 38 jovens participantes da 3ª Geração do Movimento dos Focolares.
O G3 Carrancas foi formado por crianças e jovens de 9 e 17 anos que receberam orientações embasadas nos Pensamentos de Jesus, "Que Todos Sejam Um".
Entre as atividades, o entretenimento prazeroso de passeios pela pousada e descobertas na sua natureza quase intocável, os jovens também praticaram atividades esportivas e lúdicas.

 

Sobre o Movimento Focolare:
O Movimento dos Focolares, do italiano "focolare" que significa lareira, lar, casa, ou Obra de Maria, é um movimento leigo de inspiração cristã-católica fundado em 1943, em Trento, Itália, por Chiara Lubich. Vive o Ecumenismo, com adeptos em diversas confissões religiosas, ressaltando, entre outros princípios, a unidade. Foi no tempo de ódio e de violência da Segunda Guerra Mundial que teve início este movimento de unidade e fraternidade universal.

Chiara Lubich

Sobre Chiara Lubich, a Fundadora:
Chiara Lubich, nascida Silvia Lubich na cidade de Trento(Itália), em 22 de janeiro de 1920, foi a fundadora do Movimento dos Focolares, um movimento que tem como finalidade a construção de um mundo unido, o "que todos sejam Um".

 

Em 7 de dezembro de 1943, sozinha em uma capela, fez uma promessa a Deus de doar somente a Ele, e para sempre, toda a sua vida. Esta data é considerada o marco inicial do Movimento dos Focolares. Na noite do dia 12 para o dia 13 de maio de 1944 Chiara e seus pais foram dormir nas montanhas, ao relento, porque ficar em sua casa era muito perigoso. Realmente, naquela noite os aviões inimigos destruíram todas as casas da sua rua.


Em uma atmosfera serena, de oração, e de profunda comoção, Chiara Lubich concluiu a viagem terrena na noite de 14 março de 2008, às 2 horas, aos 88 anos. Estava na casa em Rocca di Papa (Itália), para onde havia retornado do Hospital Gemelli, na madrugada do dia anterior, depois de ter expresso esse desejo.
"Mulher de fé intrépida, mansa mensageira de esperança e de paz" - recorda-a Bento XVI numa carta enviada através do cardeal Bertone e lida pelo mesmo durante a Hómilia da Celebração Funebre.